Desirée Marantes: “Quando Magma Vira Lava” (part. Carabobina)

/ Por: Cleber Facchi 20/06/2024

Multi-instrumentista e produtora conhecida pelo trabalho como colaboradora de nomes como Sara Não Tem Nome, Crime Caqui e Saskia, Desirée Marantes anuncia a chegada do primeiro EP em carreira solo. Com o curioso título de Breve Compilado de Músicas Para _______ (2024), o registro foi todo concebido a partir de texturas, camadas e diferentes nuances, sendo descrito pela artista como uma obra de “música instrumental que faz cócegas no cérebro“.

Como preparativo para a chegada do material, que tem lançamento pelos selos Quarto Mágiko e Grão Pixel, a compositora deu vida à delicada Quando Magma Vira Lava. Completa pela participação de Alejandra Luciani e Raphael Vaz, da banda Carabobina, a faixa de três minutos destaca a sensibilidade e sempre meticuloso processo de criação da artista, detalhando melodias e incontáveis camadas instrumentais que fazem lembrar de veteranos como Sigur Rós.



Desirée Marantes – Quando Magma Vira Lava (part. Carabobina)

Jornalista, criador do Música Instantânea e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.

Jornalista, criador do Música Instantânea e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.