Momo: “Jão”

/ Por: Cleber Facchi 04/07/2024

Cinco anos após o último trabalho de estúdio, Momo prepara o terreno para um novo registro de inéditas. Em Jão, o brasileiro que hoje reside na Inglaterra continua a transitar por diferentes estilos, destacando a construção dos arranjos e elementos percussivos que se completam pela força dos vocais. Pouco mais de cinco minutos em que o artista transborda brasilidade, lembrando a boa fase de Gilberto Gil em registros como o cultuado Expresso 2222 (1972).

Com lançamento pelo selo Batov Records, especializado em artistas marcados pela riqueza dos ritmos, Jão é a primeira composição em carreira solo de Momo em últimos quatro anos. Há poucos meses, o músico ainda esteve envolvido no colaborativo Au Revoir Saudade, trio formado em parceria com o paulistano Caetano Malta e a francesa Anne Gouverneur. Entregue ao público há cinco anos, o último álbum do cantor foi o ótimo I Was Told to Be Quiet (2019).


Momo – Jão

Jornalista, criador do Música Instantânea e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.

Jornalista, criador do Música Instantânea e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.